É macho mesmo!!

Quando o Felipão chegou no Palmeiras fiz questão fazer um extenso texto neste blog com minha opinião pessoal sobre o treinador. Coloquei neste minhas impressões dos tempos de Palmeiras, Cruzeiro, Portugal e um pouquinho de Chelsea e o resultado foi esse link aqui. Quem não tiver lido dê uma olhadinha que nele explico certinho minha linha de raciocínio.

Quem lê meu blog com certa regularidade ou conhece minhas preferências esportivas sabe que não gosto técnicamente do Felipão. Acho o treineiro taticamente previsível e fraquíssimo. Quando ele não opta pelo esquema Muricy com bicuda para o mato e bola parada nos pés do Arce ou do Marcos Assunção ele escolhe o esquema com um atacante e dois pontas, mas sempre dando bicuda para frente. O resultado disso são os incontáveis empates e vitórias de meio a zero sobre o seu comando. Futebol que é bom nada.

Imagino que de certa forma tenha ficado bem óbvio que este texto não é nada daqueles tipos: “blá, blá, blá, Quando Felipão chegou eu pensava assim, mas hoje ele me fez mudar completamente de opinião e eu o acho o melhor treinador de todos os tempos e blá, blá, blá e blá, blá blá.”

Muito pelo contrário, continuo achando o Felipão técnicamente ridículo, mas neste último ano de Palmeiras o Gauchão ganhou completamente minha admiração.

Felipão perdeu o apoio da diretoria anterior (que já não valia muita coisa), é completamente contestado pela diretoria atual, que o acha caro demais, utilizado como escudo declarado contra a torcida e herdou um Palmeiras desorganizado dentro e fora dos gramados com uma nação mais chata que o natural em vista dos fracassos das últimas décadas, principalmente de 2008 com o Muricy.

E mesmo assim o Felipão não larga o osso.

Metade destes problemas já seriam suficientes para mandar um monte de pseudo-treineiro pro Qatar ganhar os petro-dólares, ou para qualquer outro time com melhor perspectiva. Conheco um técnico que saiu de um time porque supostamente haviam ratos nos vestiários :).

Felipão não é burro, ele sabe que só não é demitido porque é o único escudo da diretoria contra a torcida. Sabe que o Palmeiras atual não tem condições de brigar por nada e que politicamente a situação tente a explodir e mesmo assim ele está lá, dando esporro na diretoria, no time, na torcida e em quem mais ele achar que deve. Por não ser burro ele com certeza sabe que se ele não conseguir dar jeito no Palmeiras ninguém dá.

Quando Felipão veio para o Verdão eu conversei com um grande amigo Palestrino. Ambos pensamos relativamente parecido e sabemos que o professor não é aquele primor técnico, porém para a instituição Palmeiras ele é de longe a melhor opção que existe.

Os problemas do Palmeiras não estão dentro de campo, se estivessem o Luxa com certeza teria dado jeito na sua última passagem por lá. O pior é que ele quase conseguiu, mas esbarrou em problemas que vão muito além de esquema tático e tudo mais. Luxa caiu quando a diretoria e a torcida revolveram queimá-lo vivo por causa de uns dois ou três empates, depois do único título do Palmeiras nos últimos dez anos.

Para suportar este tipo de situação só o Luiz Felipe, isto é incontestável, por lá, ele é incontestável.

Hoje Scolari enfrenta um dos piores momentos de sua passagem pelo Palmeiras. Os resultados no campo não aparecem, a diretoria joga contra, a torcida cisma em idolatrar jogadores que mais atrapalham do que ajudam e pegar jogadores que estão resolvendo como Luan e Marcos Assunção para cristo e mesmo assim o Gaúcho afirma que não sai do Palmeiras por nada.

É por amor ao Palmeiras, com certeza também é, mas vejo isto como algo que vai além. O mesmo motivo que impedia o treinador de vir há uns cinco anos atrás quando a torcida clamava sua volta o impede de ir embora.

O homem tem palavra e acima de tudo ele é macho pra caralho de segurar a bronca sozinho e infelizmente para o Palmeiras neste momento ele segue cada vez mais sozinho e é justamente por isto que ele ganha cada vez mais meu respeito e admiração.

Encontro quente no Fla

Enquanto o Flamengo não cansa de errar no que se refere a terno e gravata, me parece que agora fizeram um grande acerto, se não fosse pela situação constrangedora que fizeram Silas passar.

Que Luxemburgo é infinitamente mais técnico que Silas é um fato.

Luxa não está decadente e não esqueceu como jogar e treinar futebol, quem fala isto mostra assumidamente que não sabe nada de futebol e que sua opinião se baseia apenas no resultado final do jogo.

O único homem que teve capacidade de fazer o Palmeiras comemorar um título em anos, capaz deixar o time de verde líder com folga e jogando muito no Brasileirão 2008.

Só a burrice Verde conseguiu impedir que ele fosse campeão nacional de 2008, assim como que por pura burrice da diretoria do Galo, que do dia para a noite resolveu desmontar um time inteiro e querer os louros da vitória em uma semana, ele entrou nesta “decadência” que a imprensa não cansa de gritar por aí.

Luxemburgo é gigante, sozinho é uma organização inteira.

O Flamengo é outro gigante, muito maior, como não poderia deixar de ser.

Uma nação inteira que sonha em ver o time jogando bola para poder esquecer a vergonha que seus jogadores e diretores os fizeram passar e pior fizeram seu Deus passar.

Diferente do Felipão a imprensa nunca deu folga ao Luxa. Nunca deixou que ele trabalhasse para organizar o time.

Não importa se Luiz Felipe e Muricy inventem tantas formações sem sentido e com trinta volantes.

Ninguém contesta.

Não importa também os inúmeros resultados que Luxemburgo conseguiu, que são muito maiores que de Luiz Felipe e Muricy juntos, a imprensa sempre espera a primeira derrota do professor para jogar toda ladainha de sempre.

O homem está decadente, se envolve com empresário, joga baralho, é satanista, sei lá, cada dia é uma diferente.

Mas é fato, a imprensa sempre faz questão de diminuir o maior para que seja possível nivelar os medíocres, ao invés de cobrar dos medíocres que cresçam.

Nem é da imprensa, é do ser humano.

Luxa foi chamado ao Fla para apagar o fogo. Acredito muito no seu trabalho e torço muito para que estes dois gigantes se levantem juntos e provem a todos que fazem parte da história do nosso futebol.

Acredito que Luxa é o cara certo para este Flamengo, assim como acredito que ele pode estar entrando em uma fria assim como fez Silas.

Está mais que claro que o principal problema do Flamengo não é o técnico, não é o time, não é nada dentro das quatro linhas.

O câncer que acometeu o Flamengo há alguns anos atrás se veste de preto e tem gravata. Câncer este que tem tudo para dar problema para Luxemburgo e Flamenguistas… Se nem o Galinho deu jeito nisso que chances Luxemburgo têm?

Assim como acredito também que Luxa é o cara certo para este momento do Flamengo. Qualquer outro técnico sem expressão cairia em uma semana, não dá para agüentar a pressão da Gávea.

É uma panela de pressão.

Silas que o diga.

Por isto Luxa é o cara certo.

Ele sabe como lidar com tudo isto.

É tão malandro quanto seus comandados e seus dirigentes.

Torço para dar certo. Gostei muito da contratação do Luxa pelo Fla, só não concordo com o pecado que fizeram com Silas.

Queimaram um técnico bom, nada demais, apenas bom, por pura desorganização ou até maldade, na vontade louca de encontrar um bode expiatório.

Do nada Silas passou a ser culpado por tudo aonde vimos que o problema não estava exatamente no campo.

Silas errou é claro, como todo técnico erra nas primeiras semanas de trabalho, mas contratar um técnico para mandá-lo embora em um mês é falta de caráter.

Fizeram isto apenas para queimar o profissional.

Mas nem sei por que estou tão inconformado, isto acontece no futebol todo dia e é cada vez mais incentivado por nós que insistimos em acreditar que o culpado de tudo é o técnico.

Brigamos com o cara que traz a nossa pizza simplesmente porque ela veio sem recheio.

O bode expiatório

E parabéns.

O prêmio de bode expiatório vai para Wanderley Luxemburgo…

Para quem assiste futebol no fim de semana é fácil afirmar que Wanderley está decadente e que do dia para a noite esqueceu como se joga futebol.

Assim como também é fácil para qualquer um que tenha se prestado a assistir cinco minutos do jogo do Galo contra o Flu que tem MUITA má vontade ali.

Diego Souza é inoperante, beira o ridículo.

A falta de caráter que lhe destruía no Palmeiras destruiu mais um time.

Diego Tardelli também… Nunca foi bom, mas de repente parece que ele acha que foi possuído pelo espírito do Messi e quer sair driblando todo mundo.

O time em si não é ruim.

Talvez tenha pecado apenas pela contratação de mercenários como estes que não tem identidade com time nenhum, como Ricardinho, por exemplo, que defendeu Corinthians, SPFC sem se preocupar em se identificar com nada.

O jogo de ontem nem foi tão ruim como o placar nos diz.

O Galo até estava melhor quando estava dois um, mas a expulsão do volantão abriu toda a porteira.

Enfim, o Galo não emplacava faz tempo e é muito mais cômodo culpar o técnico do que mandar cinco ou seis jogadores embora.

Ainda mais quando o técnico se trata do polemico Luxa.

Filosofia Brasileira de sempre.

Se o Luxa está realmente envolvido com pôquer e outras atividades não vou cometer o erro de mencionar. Não tenho provas e se tivesse não seria da minha conta.

Jornalista que espalha este tipo de noticia é amador e mau caráter.

Enfim, o mercado ganha mais um grande treinador, e este está desvalorizadissimo.

Se pudesse eu o traria para meu clube, o preço deve valer e a competência é indiscutível.