Eu ví ele jogar

Gratidão. É só isto que sinto por ter tido o privilégio de ver este monstro pisar entre as quatro linhas de cal.

Me sinto meio órfão como amante de futebol. Não ví Pelé, não ví o Garrincha, não ví o Galinho, nosso Pelézinho branco. É foda um amante do futebol  se contentar com os pernetas de hoje: Messi, Kaká e Cristiano Ronaldo.

Só que uma coisa eu vou poder me gabar por ter visto: Ronaldo! Ví o Fenômeno cortar o zagueiro e cobrir o Fabio Costa na final, ví ele fazengo gol de voadora contra a Turquia, ví ele fazendo gol de bico contra a Alemanha, ví ele cair, levantar, ser vaiado, motivo de chacota e voltar e calar a boca de todo mundo, e isto umas três vezes viu, não foi uma só não.

Tem certas coisas da vida que você só consegue ver no futebol: Gordo ficar magro em menos de noventa minutos, São Paulino virar Corinthiano em clássico de Palmeiras e Corinthians em Presidente Prudente, a dúvida virar a solução. E não é uma coisa que você vê todo dia no futebol, quando vê tem que guardar na memória e agradeçer.

Poderão surgir outros, Neymar, Lucas, Ganso, que seja, mas nunca mais um Ronaldo.

Não vejo nenhum dos citados transcenderem a barreira de camisa de futebol e de rivalidade e virar um cidadão do mundo. Sinceramente o último que eu me lembro capaz de encantar o mundo desta forma foi o Airton Senna e hoje o nosso fenômeno.

Ronaldo não é do Brasil.

É egoísmo demais querer tomar pra gente o que é de direito do mundo inteiro. Ele parou conflitos no Haiti, doou muita grana para a Africa e já foi embaixador de crianças na Unicef.

Este cara não é brasileiro, assim como o Senna não era. O Rio de Janeiro teve o privilégio de ver este monstro nascer. Foi de Bento Ribeiro direto para o mundo e hoje é um cidadão do mundo. Me dá orgulho saber que ele foi daqui, isto sim, mas não sou egoísta a ponto negar um privilégio destes ao mundo inteiro.

Ontem o Brasil ficou órfão, o mundo, a seleção e a nove da canarinho, que resistiu bravamente a perda de Romário, mas que agora não tem ninguém com força suficiente pra levantar o peso daquele número e eu acho que nem haverá tão cedo.

Anúncios

4 Responses to Eu ví ele jogar

  1. Rodrigo says:

    Ola, faz tempo q nao comento, mais dizer q Messi nao joga nada, é foda hein. Tira a paixao brasileira besta da cabeça…

    Nao falou do Zidade, esse sim jogava em qualquer epoca….

  2. Ariel says:

    eu nao comparo o messi com ronaldo nunca…
    ronaldo sempre jogou bola e decidiu jogos e todos os times que jogou nao interessa se o clube que ele jogava era bom ou ruim, se a zaga nao funcionava ou o goleiro era franquero, sempre fez seus gol

    so pra te uma noção o cara fez golaço ate no corinthias hdaushduahsudhaushduahsduahsudhaushdd

    ja o messi, so resolve no barcelona quem nao me garante que nao vá acontecer com ele o que aconteceu o ronaldinho gaucho, e se for so uma epoca de barcelona? pq na seleção argentina ele nao resolve nada.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: