Apenas remando a favor

É impressionante como uma minoria, em geral mal intencionada, tem o poder de mudar a opinião pública de forma concreta em relação ao foco de um problema.

Virou rotina no Brasil inteiro depois dos estaduais e da Copa do Brasil, crise nos times perdedores. As vezes porque seu time perdeu para um rival estadual sem qualquer resistência ou porque caiu na Copa do Brasil nas mãos de um nânico qualquer, mas é certo que haverá crise.

Peguemos por exemplo São Paulo, Corinthians e Palmeiras.

Após o período que mencionei conseguiamos ver nos três clubes meia dúzia de torcedores “organizados” protestanto contra algo que eles nem sabem direito, mas estão lá, chutando carro de funcionários e pixando muros. O mais estranho é que de alguma forma a mídia e o clube veiculam aquele grupo de trinta ou quarenta como se de fato transparecessem a opinião dos 15, 20 ou 30 milhões de torcedores que realmente formam a engrenagem. Parte desta multidão acaba de fato sendo contagiada com algum sentimento de que aqueles caras vestidos com camisas organizadas estão brigando por algo melhor para o seu clube e parcela significativa destes torcedores (em geral os de internet) apenas apoiam esta meia duzia, mais uma vez não sabem o que estão apoiando, quem ou pra quê.

O problema é que o torcedor comum nem faz idéia do que de fato originou o protesto e o seu objetivo principal.

Antes de mais nada é necessário esclarecer uma coisa: Organizada nenhuma cresce sem a ajuda de dirigentes.

Independente, Mancha ou Gaviões. Todas tem um papel político dentro do clube. Quando não é com a posição é com a oposição e as vezes é com os dois (estes casos são os mais destrutívos para o clube).

Vamos tomar o Tricolor Paulista como exemplo.

Creio que qualquer ser com capacidade de raciocinar um pouco consegue concluir que o problema não é o Carpegianni, o Lucas, ou Juan e outros alvos dos protestos, pelo menos não são só eles. O Carpa tem os seus defeitos, com certeza. O Juan não joga nada, talvez, mas o estranho é que ha três semanas atrás, quando o mesmo time era lider do Paulista ninguém fez protesto quanto a capacidade técnica destes e de outros, e o Lucas era um craque maior que Neymar.

A culpa é realmente do técnico quando sua diretoria não lhe dá um lateral direito, primeiro volante, um meia e mais uma porção de posições carentes? Parcela da culpa é dele e dos jogadores sim, não vamos apadrinhar ninguém, mas a parte que de fato tem culpa está sendo conveninentemente esquecida em meio a estes protestos.

Por que não foram protestar e chutar carro quando o Juvenal Juvêncio criminosamente alterou o estatuto para virar o Eurico Miranda do Morumbi? Já que nenhum diretor, ou conselheiro é homem o suficiente para se colocar contra o Juvenal, porque a torcida não teve saco roxo pra tirar o Juvenal de lá ela mesmo?

Vemos na segunda de manhã a torcida na rua protestanto contra o técnico, jogador e quem mais eles se lembrarem, só que oportunamente deixam a diretoria fora de foco.

Este é o caso das manifestações desta semana? Não sei e nem tenho como provar, mas que tem todas as características tem.

Esta prática acontece tanto quando diretor da oposição dar uma grana para a organizada para eles irem cornetar a posição.

As vezes o diretor da posição manda a organizada para o CT só para dar um susto nos jogadores pra ver se surte algum resultado dentro de campo.

O caso do Palmeiras é bem parecido com o São Paulo.

Técnico e jogadores de fato tem parte da culpa, mas ninguém se lembra de diretor que vira e mexe dá declarações CONTRA o próprio time, os problemas internos que as brigas entre as diversas chapas causam dentro das quatro linhas e mais uma série de decisões egoístas que nunca tem o clube como principal beneficiado.

E isto não é de hoje não, isto está no Palmeiras desde que o Palmeiras é Palmeiras.

Antes de qualquer coisa tenho de dizer que não sou contra organizadas ou protestos. As organizadas (com suas exceções) são as responsáveis pelos shows mais bonitos que já ví nas arquibancadas pelo Brasil, e os protestos são necessários, mas com inteligência e não manipulados e acéfalos.

Seja sincero e busque da memória algum protesto de organizada que de fato teve um efeito positivo para o seu clube. Eu só consigo lembrar de torcida dando pretesto para Vagner Love ir embora, queimando Kaká, Luiz Fabiano (o mesmo que ela idolatrou há um mês)  e mais uma porção de moleques que hoje mostram que são bons de bola.

Não tem jeito de um protesto sem o mínimo de critério e organização dar um resultado positivo para o clube.

Eu só me pergunto uma coisa, porque estas organizadas antes de ir lá chutar carro de jogador não resolvem de fato torcer para o time. Digo isto porque em poucas situações eu vi uma organizada aqui do estado de São Paulo de fato torcer pelo clube, em geral estão muito mais interessados em cantar que são os mais temidos do Brasil, que eles colocam Porco, Galinha ou Bambi pra correr, ou que tocam o terror por onde passam.

Você como jogador, se sentiria honrado em jogar pra um monte de gente que não dá a mínima para futebol?

É claro, não é motivo pra jogador reclamar, mas estou só mostrando um cenário.

Aí eu lhes pergunto: Jogador pode fazer protesto contra a torcida também?

Anúncios

5 Responses to Apenas remando a favor

  1. WAGNER LOUZANO says:

    o bom e ficar q nem vc cm a bunda na cadeira tc sem surtir efeito nenhum acomodado com a situaçao perdedora do spfc se tornando um ttime coadjuvante,o time o ano inteiro nao convenceu,dai vc fala o spfc tem carencias!!!!!!!!!!!!!!e dai eo avai??????????????troca o elenco do avai entao por esse time do spfc,vc e um derrotado conformado,torcida tem sangue ta de saco cheio de nao acontecer nada no spfc vexame apos vexame e a tendencia e piorar pois nao tem comando o clube,os jogadores estao mandando e confrontando com a diretoria e eles nao aparecem!!!e vc vem falar q a torcida foi financiada,me poupe ne?80 por cento da torcida ta de saco cheio desse time esabe q nao vai a lugar nehum,a unica coisa q concordo c vc,e q o maior problema e cancer do spfc e sua direçao,saudaçoes tricolores

    • Leonardo says:

      Veja amigo, a questão não é fazer ou não fazer, levantar a bunda da cadeira ou não levantar.

      Ninguém se acomodou, a final estamos todos aqui discutindo. A questão é só tentar elucidar quem são realmente os culpados da situação, quando digo isto digo TODOS os culpados.

      O Avai tem carências, claro que tem, mas se você olhar o time deles, eles não precisam improvisar um volante na lateral direita, muito menos jogar sem primeiro volante por falta de opção.

      Existe uma diferença gigante entre um derrotado e um iludido.

      Não acho que a tendencia seja piorar, acho que também é um processo natural que todos os clubes passam em uma reestruturação, a diferença é que a torcida do SP se acha diferenciada demais para ser comparada com os outros clubes.

      Deixa eu te explicar caro amigo, o São Paulo tem os mesmos problemas dos outros, e as mesmas qualidades.

      Você esquece que antes de sair um time campeão do mundo em 2005, veio no mínumo uns quatro times pipoqueiros.

      Você realmente acha que a independente e suas manifestações mudaram o rumo de alguma coisa neste período?

      Será muito inocente se disse SIM.

      Quando você me diz que 80% da torcida tá de saco cheio deste time e sabe que não vai a lugar algum você se refere a HOJE, quando NADA presta ou a duas semanas atrás quando o SPFC era lider do Paulista e TUDO prestava.

      Veja, qualquer análise que se baseie em, nada presta, ou não vai a lugar algum está errada por natureza.

      É com esta cabeça que o Palmeiras destroi elenco atrás de elenco, ano atrás de ano, achando que vai adiantar mudar alguma coisa trocar todo mundo e achando que tudo está errado.

      Deixa eu te lembrar de uma coisa, lembra daquele SPFC bi-campeão do mundo? Então, procure os registros da história e verá que ele começou a ser montado OITO anos antes do bi-campeonato.

      Agora, pense se durante este período a diretoria realmente ouvisse a torcida e mandasse embora todos, na primeira pseudo-crise.

      Caro amigo são-paulino, desculpe a minha sinceridade, mas você, São Paulino não sabe o que é uma crise.

      Na verdade não faz a mínina idéia pois felizmente ou infelizmente nunca esteve de fato em uma crise.

      Portanto, menos, bem menos.

  2. Ariel says:

    muito bom seu post, o problema hj destes grandes e o desepero, dos dirigentes se em um ano as coisas nao saem como o esperado, mudam tudo de uma hora pra otra achando que tudo vai mudar, mas nao muda, elenco se monta com tempo, com paciencia.
    por exemplo num ano acerta um lateral um golero um zaguero, ai as coisas nao dao certo e vendem todo mundo.
    o meu time por exemplo o palmeiras desmonta e monta time todo ano, e esta sempre improvisando jogadores. ( que pra mim improvisar jogador e uma merda, essa historia de 1° volante jogando de zagueiro, lateral jogando de meia, e volante jagando de lateral puta bagunça isso)

    na verdade a reforma nos grande de sao paulo tem que começa pela mentalidade dos dirigentes.
    e necessario um pouco mais de paciencia pra montar uma equipe.

  3. @jonesbegol says:

    Leonardo,

    Conheci seu blog através de um comentário seu no Blog do Jones, meu blog.
    Achei interessante mas nunca comentei.
    Escrevo hoje porque acho que você levantou algumas questões sérias no tricolor.
    Concordo com basicamente tudo que você falou, sem ser clubístico.
    É isso, continue assim.
    Abraços.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: