Portuguesa e São Paulo – Paulistão 2011

Definitivamente tenho a impressão de que o Tricolor joga quando quer. Virou uma constante ver o São Paulo fazer um jogo relativamente bom, sentar no resultado e passar sufoco no fim do jogo. Tornou-se um teste para cardíaco assistir o segundo tempo de um jogo do São Paulo quando o time vai bem no primeiro tempo. Quando saí atrás no placar é a mesma coisa, joga bem no segundo tempo e vai atrás do resultado.

Aí me pergunto, por quê?

Por que um time não consegue o mínimo de constância. Como o mesmo time consegue entrar dominando a partida em um momento e quarenta e cinco minutos depois ser completamente dominado por um zé ninguém qualquer.

É problema técnico? Não.

Então é comodismo.

No Domingo o São Paulo foi para o 3 – 5 – 2 por pura falta de opção.

Não tem lateral, então não usa este recurso. Não tem primeiro volante portanto também não usa este recurso.

O Carpa escalou o time direitinho na minha opinião, só acho um absurdo um time do tamanho do São Paulo não possuir dois recursos básicos para a escalação de um time.

Outro absurdo é a escalação do Fernandinho. Se realmente surgiu uma proposta por ele de seis milhões acho melhor vender senão vira elefante branco. Não sei se acontece com vocês ou se sou o único que quando a bola vai para o ataque tricolor torce para ela não passar pelo Fernandinho. É um jogador que joga um jogo só dele. Abaixa a cabeça, tenta ir para a linha de fundo e na maioria das vezes cai sozinho. Honestamente o São Paulo já está cheio de jogadores com o perfil corre e caí, este não faz diferença. Pelo menos Wilian José vai dar uma mudada neste perfil, pelo menos ele tenta jogar de pé e com a cabeça relativamente levantada.

Enfim, o São Paulo vai se encontrando, dando sorte e dependendo exclusivamente da genialidade de um guarda metas que deveria ter mais uns cem anos de futebol. Não satisfeito em defender tudo no gol ele agora saí e define o jogo quando o São Paulo mais precisa. Aos que não conhecem o significado da palavra craque, tem um exemplo vivo do que é ser um craque. O capitão mais uma vez chamou a responsabilidade e definiu mais um jogo, isto tudo jogando limitado em uma área de menos de vinte metros quadrados.

Com a brilhante atuação no sub-20 é torcer para esta molecada voltar para o Tricolor e não pegar nenhum avião rumo ao velho continente. Gostaria sinceramente de ver um ataque com Lucas e Wilian José. Também não sei se sou só eu, mas estou de saco cheio do Dagoberto, é muita chance para um jogador só. Outro que tem vaga garantida é Casemiro, que se for para a reserva do Soto vou começar a entender por que a molecada rescinde tanto o contrato.

 

Anúncios

One Response to Portuguesa e São Paulo – Paulistão 2011

  1. carlos says:

    vc e o cara que so comentaria classico
    lembrando que bate em bebado nao vale

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: