Santos e São Paulo – Paulistão 2011

Ah, finalmente os clássicos estão de volta! Gosto dos clássicos principalmente por que é neles que você consegue visualizar como de fato está o seu time.

Quando digo que só gosto de ver jogo de time grande é exatamente disso que estou falando. Me perguntam por que não estou mais escrevendo sobre os jogos de Palmeiras, Corinthians e dos outros nove gigantes. A resposta é que não dá para comentar nada. Não existe jogo. O Palmeiras bate em meia dúzia de gato pingado hoje e vira líder. Amanhã toma de cinco a zero do Internacional de Porto Alegre, entendem?

Campeonatos estaduais em geral são assim, o time grande se iludindo achando que joga futebol durante um mês inteiro aí quando chega no quadrangular ele toma uma piaba de algum outro gigante e fica com cara de besta. E se bobear até acaba caindo no Brasileiro. Por isto que as alegrias tem que ser meio contidas neste momento.

Mas como eu disse são nos clássicos que você consegue visualizar mais ou menos como seu time de fato está, e para a alegria geral da nação neste Domingo nossos clássicos voltaram.

Para minha alegria também hoje meu Tricolor voltou a jogar um clássico e ao contrário do que o resultado sugere o jogo foi muito bom para os dois lados.

Começando pelo Santos acho necessário dizer que sem Ganso, Neymar e Arouca o Santos é só um time comum. O torcedor Santista pode estar dando um xilique agora, mas é isto mesmo. O time do Santos não tem nada de Santástico sem estes que citei. É só um time comum com um craque no meio de campo. Craque este que mudou completamente o jogo. Elano mostra o quanto é vital no meio de campo do Santos e o quanto a Seleção do Dunga perdeu com a saída deste cara. Um meia do tipo antigo que joga de cabeça em pé e aparece lá na frente com uma facilidade incomum. Elano é craque. É gigante e arrisco a dizer que dentro da Seleção do Dunga ele era infinitamente mais importante que o Kaká. Quem nos dera perder o Kaká no jogo contra Costa do Marfin ao invés do Elano. Sem Maldade nenhuma é claro… A final o Kaká já estava jogando contundido e não contou para ninguém. Deixa eu parar vai.

Voltando ao jogo.

O Santos teve até domínio de bola no começo do primeiro tempo, mas também não criava nada demais. Tanto que fora o gol do Elano e mais uns dois lances o Rogério Ceni não teve trabalho algum. Neste momento o Santos marcava forte e adiantado e não deixava o São Paulo jogar, mas isto também não durou muito não. Rápido o São Paulo adiantou seu time e tomou controle total do jogo, jogava muito melhor que o Santos diga-se de passagem. Marcando adiantado da mesma forma que o Santos fazia o São Paulo forçou o Santos e este mostrava que partiria para o contra-ataque.

O problema é que a bola não queria entrar mesmo, mas obviamente este era só um dos problemas, um dos menores ainda.

Um dos maiores problemas do São Paulo é que Fernandão, Dagoberto e Fernandinho não conseguiam acertar um passe ou fazer uma tabela direito. E um ataque que na teoria deveria ser rápido foi um dos mais lentos que consegui ver. Desta forma o time do São Paulo ficava o jogo inteiro na área do Santos, mas não criava nada e nem pensava em chegar ao gol. Ninguém passa, ninguém se apresenta, ninguém se aproxima nem nada, por isto os chutes de fora da área são uma constante.

Fernandão de ponta direita eu também não gosto, um jogador lento destes em um ataque leve como o do São Paulo fica deslocado. Fernandão se for para jogar tem que ser como referência lá na frete, no máximo. O Marlos tem que pegar a vaga dele urgente, mas como eu disse ele não é o problema mesmo. O problema é a falta de passagem, aproximação e este tipo de coisa nenhum camisa dez resolverá. A torcida precisa parar de se enganar quanto a isto. Se o Alex vier por exemplo ele não vai resolver a falta de aproximação entre Dagoberto e Fernandinho nem nada, isto é treino, mas é com alívio que digo que o Carpa está resolvendo isto aos poucos. A evolução é grande de um jogo para o outro e o São Paulo se mostra cada vez mais como uma equipe que pode causar algum perigo mais para frente.

O segundo tempo foi basicamente o que eu disse. O São Paulo lá na frente tentando de alguma forma alguma coisa e o Santos puxando contra-ataque, assim saiu o segundo gol Santista e assim foi.

O jogo foi muito bom, e quando disse que a bola do São Paulo cismou em não entrar, digo em relação a bola do Jean na trave, a bola do Fernandão que caprichosamente saiu devagar do ladinho do Rafael e mais uns dois ou três lances que ela não entrou por puro capricho.

Por isto que digo o resultado foi dois a zero, mas poderia ter sido dois a um para o São Paulo ou qualquer outro resultado. Por isto que digo que foi um bom jogo. Prefiro uma derrota jogando bem como a de hoje a uma vitória de um a zero jogando mal como nos tempos de Muricy. Pelo menos a derrota não disfarça nada e obriga eles a trabalharem ainda mais.

Jogo bom, valeu o tempo sem clássicos.

Só um detalhe que eu queria destacar: Não sou de reclamar de juiz, acho ridículo quem faz isto, mas não dá para não comentar como um juiz consegue prejudicar tanto o mesmo time de futebol. Salvio Spinola consegue o título de prejudicar sempre o São Paulo Futebol Clube. Não digo em lances crúciais como um gol inválido ou um penalti mal marcado nem nada, mas digo durante o jogo. A quantidade de faltas que ele inverte, lateral, faltas e cartões que ele não dá como o cartão que o lateral Pará deveria ter tomado hoje e sido expulso. Hoje ele conseguiu o pioneirismo até de entrar na frente da bola do São Paulo evitando o toque. Em mais uns dois lances vi ele marcando um jogador do São Paulo e evitando o toque.

Não digo isto pensando que seja maldade dele não, acho ele ruim mesmo, mas só queria destacar aqui o mérito de um juiz conseguir ser ruim sempre. Destaque de estabilidade de um caga-regras.

Mais uma vez repito, não teve nenhum lance crítico ou que definiu o resultado do jogo, mas não dá para deixar de falar.

Anúncios

2 Responses to Santos e São Paulo – Paulistão 2011

  1. JOse says:

    olhando para tras o santos sim e um time comum, mas leonardo meu amigo, nao pra dizer que no futebol de hj ( de 99 pra cá) que o santos e um time comum, o sao paulo sim e um time comum, o sao paulos sem os meninos da seleção sub 20, e so um timinho (desculpe a franqueza) torço pra que rivaldo jogue bem (afinal so palmerense por culpa dele) ai sim se esse voltarem o sao paulo tera um time muito forte. ao contrario do meu palmeiras, assim como vc espero ver um classico pra definir se o palmeras ta jogando bem ( para o futebol ridiculo de hj em dia) ou e so um miguesão.
    e o santos concerteza sera mais santastico ainda quando voltarem neymar e ganso.
    um bom time, nao so para os dias de hj, mas sim um bom time de futebol como deve ser um bom time de futebol.

    obs: seu blog e muito bom afinal vc defende o show, espetaculo, o que o brasilero da desacostumando a ver, graças ao dinhero do futebol europeu.

  2. Leonardo says:

    Haha, sem problemas quando a franqueza amigo, é isto mesmo. Mas é que o Santos não tem grande coisa mesmo do meio para frente sem os jogadores que eu citei.
    Como eu disse agente precisa de mais clássico pra ver, mas acho que o time está normal, não é ruim mas tbm não é a melhor coisa do mundo como no ano passado.

    Valeu mesmo pelo elogio ao blog pois é a principal mensagem que tento passar, futebol é show, não é retranca e um a zero sem querer

    Valeu mesmo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: