Brasil e Bolívia – Sub 20

O Brasil do Ney Franco entrou em campo neste Domingo apenas para manter a fama do time que dá show de 2011 e ao contrário dos comentaristas de resultado final afirmo que foi exatamente isto que aconteceu.

Um a um não foi nem de longe o resultado que esta molecada merecia. Tivemos quatro bolas na trave. Chamar isto de incompetência é no mínimo desconhecimento de futebol. Bola na trave não é nada mais que um gol que não acontece pro mero capricho deste esporte doido. Não é erro de armação, finalização nem nada.

Outra infelicidade foi o escorregão do Uvini, também não dá para crucificar o jogador. Escorregou. Acontece.

É o típico resultado que gente azeda espera para meter a faca na molecada e dizer: – ¨Não falei, Neymar é estrelinha, Ney Franco é um péssimo treinador¨  E tudo mais. Se as quatro bolas na trave fossem um centímetro para o lado estariamos todos lambendo eles e dizendo que jogam melhor que a seleção principal.

Coerência e critério nunca foram uma característica dos que comentam futebol.

Falando agora um pouco sobre o jogo.

Henrique jogou demais, tirou completamente a má impressão que deixou no primeiro jogo. Eu sempre o vi como aquele cara de referência no ataque, porém hoje ele provou que volta muito bem para buscar a bola e subir para o ¨um dois¨ e ficar cara a cara no gol. Se ele desenvolveu isto agora, só o SPFC tem a ganhar. Legal que ele e o Wilian José se invertem pela lateral dos campos também. Wilian que antes eu nunca colocaria para jogar do lado do Henrique, mas os dois mostraram grande sincronismo juntos. As subidas do Henrique inclusive eram apoiadas exatamente por ele.

Como eu disse no post do jogo anterior, Neymar e Lucas dão um show a parte, mas neste jogo quem brilhou mais foi o moleque são paulino. Joga demais, chego a temer que ele inclusive nem volte mais para São Paulo e pegue o avião para a Europa direto do Peru. Ele volta, marca como um brucutu e sai jogando como um verdadeiro craque. Rápido, inteligente, aparecendo como elemento surpresa lá na frente. Muito bom de bola.

Um cara que precisa ser colocado ao lado do Lucas, na vaga do Oscar, o mais urgente possível é o Diego Maurício. Joga demais, com a mesma raça e velocidade do Lucas ele marca, sobe, aparece na cara do gol diversas vezes com uma inteligência que o Oscar ainda não mostrou. Não dentro dos gramados é claro, pois no tribunal nós vimos que ele tem bastante. Ou não…

Lá na zaga, mais uma vez não dá para crucificar o Uvini. Fez uma partida ótima e no finzinho teve a infelicidade de estar com pneus secos em pista molhada.

Acontece.

De resto o Brasil foi normal, não estamos tão abonados assim na lateral não. Os laterais do Brasil são meio cabeças baixas, sei lá. Lateral é o cara que mais precisa ter visão de jogo, lançar, inverter e tudo mais e não é exatamente o que temos.

Mas o jogo foi bom. Resultado injusto, mas é futebol, justiça é para menininhas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: