Só perde quem chega lá

Ao contrário do que muitos possam imaginar torci muito pelo Internacional de Porto Alegre, mesmo sendo são paulino. O Internacional era o Brasil e era a certeza que temos o melhor futebol do mundo, e com certeza o Inter pratica o melhor futebol do Brasil no momento, a questão é que tem certas coisa no futebol que não são exatas, não podem ser calculados e nem previstas, mas claro, uma dose de competência vai muito bem obrigado.

O esta semifinal do mundo, venceu o não futebol. O time africano praticou o Muricy ball o jogo inteiro, isto é, o anti-jogo e o Internacional foi MUITO melhor todo tempo, mas as vezes este tipo de jogo covarde dá certo, ainda mais quando você entrega a maionese para o adversário como fez o Internacional no primeiro gol. Veja, para um time que joga de forma covarde como os africanos aprendizes de Muricy um golzinho encontrado é tudo que eles querem para se fechar e tentar ao máximo o não futebol.

Mérito total para o goleiro africano, merece demais fazer sua dancinha e tirar sua ondinha, jogou demais e deu a classificação sozinho.

Após o primeiro gol o Internacional continuou jogando muito mais, e a bola não entrava e como diz a lei do futebol, quem não faz toma e assim foi feito.

Minha opinião pessoal e totalmente parcial é que tudo que elogiei a diretoria gaúcha em relação a troca de técnico um jogo antes da semifinal da Libertadores pode ser ignorado se olharmos para este mundial e o pior, o Internacional teve um ano inteiro para se preparar. Demoraram demais para ver que Renan não é goleiro, nem jogador de futebol é, e o pior, eles tiveram um ano inteiro para ver isto com o Renan falhando todo domingo pro Brasil inteiro rir.

Galvão Bueno disse que o primeiro gol era indefensável e que o negão conseguiu tirar do goleiro… ééé… se você olhar pelo ângulo do batedor. Vi um corte do angulo do goleiro e o que vi foi uma bola em linha reta, completamente defensável. Sinceramente no segundo gol a bola foi no cantinho, mas o atraso para pular foi digno de uma hora de atraso de horário de verão.

Lembro-me com clareza que no jogo do Flamengo contra o Internacional no Engenhão, se não me engano, quando Renan engoliu um gol de falta do meio de campo com a bola vindo a velocidade de Rubinho em direção a ele, eu disse que se o Internacional não tomasse uma atitude corajosa como foi trocar de técnico e trocasse seu goleiro perderiam o mundial com um frangaço do seu guarda-redes.

Dito e feito. Tudo bem não foi um frangaço, mas foi sim uma falha e eu não esperava que fosse tão cedo.

Vejam caros, apesar de todo meu discurso de que o futebol brasileiro é o melhor do mundo (e é), temos que conhecer nossas limitações. O time brasileiro será sempre inferior ao seu adversário Europeu da final, portanto o guarda-metas é a posição mais importante em uma competição destas onde o objetivo é evitar que o time superior faça o gol.

Foi assim com o SPFC contra o Liverpool, quando Rogério Ceni na minha opinião fez a maior partida de um goleiro no futebol que já vi. 2005 é mérito total de Rogério Ceni incontestavelmente, só conseguiremos vencer o mundial assim, na garra e nos milagres dos goleiros.

Foi assim do próprio Internacional contra o Barça.

Sempre será assim.

Ganhar um mundial contra uma equipe europeia superior significa no mínimo ter um goleiro que você coloca as mãos e os dois pés no fogo por ele e não um periquito que falha semanalmente.

Juro que não gostaria de colocar a culpa de nenhum fracasso nas costas do goleiro, mas quando um time joga melhor, pressiona o jogo inteiro e é visivelmente superior e toma dois a zero a coisa não está certa. Infelizmente o Internacional perdeu, tanto quanto qualquer colorado eu gostaria de estar comemorando um resultado diferente, mas não deu.

E aos rivais… Só perde quem chega lá e todos estão muito longe de chegar lá, inclusive no ano que vem onde o Inter é um dos maiores candidatos a ir novamente.

Parabéns Internacional, honrou a camisa brasileira a todo momento, foram campeões e voltarão heróis.

Anúncios

One Response to Só perde quem chega lá

  1. Pingback: Arrotando Perú « Na Zona do Agrião

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: