São Paulo e Corinthians – Brasileirão 2010

Eta tricolor, ganha do Cruzeiro e perde para o Corinthians, mas vamos lá.

Neste domingo o Morumbi recebeu uma ótima partida do clássico majestoso. Tivemos hoje no Morumbi dois times grandes com propostas totalmente diferentes de jogo.

O São Paulo foi com uma proposta perigosa que me agrada muito, isto é, ir para cima com tudo e estufar as redes do adversário. Este tipo de proposta é fantástica para o torcedor que consegue jogos incríveis, porém abre o time inteiro e deixa brechas para contra-ataques. Esta proposta São Paulina é perfeita para um time grande de futebol que tem que se portar como gigante que é, porém não funciona quando o último passe não acontece os jogadores de ataque não conseguem se livrar da marcação. Pergunto a vocês são paulinos qual a grande diferença do SPFC de hoje para o Santos do primeiro semestre que era referencia nesta proposta de jogo?

Os dois times, São Paulo de hoje e o Santos de ontem conseguiam a posse da bola, mas a grande diferença e a principal coisa que caracteriza um futebol arte é saber o que fazer com ela lá na frente. O SPFC quando chega lá na frente toca de lado e em raras oportunidades acontece algum bom lançamento, que hoje o Ricardo Oliveira fez questão de perder dois ótimos lançamentos, diga-se de passagem. O Santos, Wesley, Robinho e Neymar jogavam muito perto um do outro. Aproveitavam as boas tabelas entre eles para fazer justamente o que  o SPFC do Carpa não consegue, entrar em uma defesa bem postada.

O jogo de hoje contra o Corinthians vimos o Corinthians com uma proposta de time pequeno como é característica de seu treinador que é mais um que compartilha da filosofia Muricy e Felipão.

Na minha humilde opinião o São Paulo foi superior ao Corinthians nos dois tempos, mas cedeu o contra-ataque e é daí que saiu o primeiro gol do Corinthians. Com o São Paulo batendo na boa defesa Corinthiana e voltando a proposta São Paulina caiu por terra. Jogar lá na frente implica que você tenha criatividade para fazer o gol, caso contrario o futebol a lá Muricy SEMPRE vai encontrar o seu golzinho, é perigoso demais jogar lá na frente e é por isto que diversos treinadores tem medo disto.

Agora apenas alguns comentários a parte.

Não sei exatamente o que acontece com Ronaldo, mas assisti aos dois últimos jogos dele e vejo um jogador fácil de marcar, lento que quando pega na bola perde ela, nada que lembre o Ronaldo ídolo brasileiro.

Elias e Dentinho confirmam que adoram jogar contra o SPFC e sempre jogam demais este jogo.

E Ralph mostra que é a base deste time inteiro. Adilson Baptista não caiu por escalar o Bruno César errado, mas sim por ter perdido Ralph por lesão.

Do lado São Paulino, não consigo gostar do Fernandão. Não marca e não toca. Lento.

Eu só gostaria de destacar a atuação do Jean, jogou demais tanto como lateral direito quanto como volante no segundo tempo, já o Ilsinho precisa ser mais objetivo. Tem muito talento, mas muita firula também.

Em fim.

Um bom jogo no Morumbi. Só me vejo em uma posição que não estou acostumado: Ver meu time jogar melhor e não sair com resultado, afinal, o tricolor a quatro anos é o time que consegue umas vitórias espíritas sem jogar futebol nenhum.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: