Não dá essa né moleque, Pô!

Impressionantes como são as coisas do futebol.

Na quarta-feira a tarde eu fiz o último post deste blog elogiando e apoiando completamente o garoto Neymar.

Não é que o moleque conseguiu no mesmo dia calar a minha boca e tirar todos os meus argumentos.

Mantenho minha opinião, “Provocar o adversário é valido, não tem problema”.

Agora desrespeito com o patrão e com os companheiros não merece apoio algum.

Vaidade pura ele ficar com história por que não bateu o penal.

Mais ridículo ainda é xingar o técnico, auxiliar e capitão do seu time, ou seja, ele desrespeitou todos os níveis da hierarquia.

Mostrou que realmente merece ser chamado de moleque, mas não a irreverencia e a ousadia que o apelido proporciona mas sim a falta de responsabilidade e confiabilidade que o apelito também pode proporcionar.

Realmente é uma pena, o moleque tem potencial para ser gigante, talvez até escrever alguns capítulos na história do futebol, mas vai cair no mesmo caminho de Denilsons, Robinhos e Ronaldo Gauchos.

Será um mercenário que vagueia de time em time sem criar história em lugar algum. Vai sem deixar saudade e volta com a torcida já prevendo sua próxima saída assim que recuperar o bom futebol.

Da mesma forma que Gauchos por aí vai exercer um terço do talento que tem e nada mais.

Ao terminar a carreira nenhuma saudade ou nostagia ao lembrar de suas jogadas.

Pena.

Pena para nós.

Pena para o futebol.

E principalmente, uma pena para ele.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: