São Paulo e Cruzeiro – Brasileirão 2010 – 15/08

Hoje, no Morumbi dois gigantes se encontraram novamente pelo campeonato brasileiro. Tinha tudo pra ser um massacre ao dono da casa vista as circunstâncias, mas uma das coisas mais belas do futebol é o fato de time grande não entrar em crise.

De fato quando tem um duelo gigante em campo dá pra esquecer tudo que aconteceu préviamente, só a presença das duas camisas já dá o sabor ao espetáculo.

O tricolor veio desfalcado, com um time que nunca jogou junto, com garotos da base que não dá pra prever o que serão e com a moral mais baixa dos últimos quatro anos.

Com certeza era uma crise.

O Cruzeiro veio de técnico novo com um time embalando com grande elenco e estréias boas como a do argentino.

Porém algo aconteceu. Algo nada rotineiro para o São Paulo nos últimos anos aconteceu, o tricolor jogou bola.

Primeiro tempo incrível para o lado do São Paulo, o time era rápido, tocava a bola no chão com qualidade e atacando firme como sempre deveria fazer nos seus territórios e fora deles.

O um a zero no primeiro tempo foi pouco pro tricolor, com certeza merecia mais, o time jogava bem e o Cruzeiro estava perdidinho.

Só gostaria de ter a resposta de uma pergunta, o Cruzeiro estava perdidinho devido ao bom jogo do São Paulo ou de fato era uma partida ruim do time?

Este ótimo primeiro tempo do São Paulo só nos mostra uma coisa que o senhor Muricy Ramalho e nossa diretoria tentaram desmentir, existe sim qualidade em cotia. Nunca entendi porque aquele resort nunca dava frutos, ou melhor, tenho minhas teorias mas de concreto nada. Assunto pra posts futuros.

Casemiro nos mostrou que é um volantasso, a surpresa boa que não é tão surpresa pra mim, como disse em posts anteriores foi o Carlinhos Paraíba. Jogador dos bons, bom toque de bola, muita movimentação, realmente foi uma das peças mais importantes para o tricolor no primeiro tempo.

No segundo tempo o tricolor voltou também indo para cima porém com menos ímpeto, nesta, Cuca colocou Roger no time, que na minha opinião quando quer jogar é craque.

Roger voltou o Cruzeiro tomou o meio de campo e foi pra cima, porém ia pra cima sem tanta objetividade o primeiro gol foi um gol meio achado em bate rebate.

Após tomar o gol o tricolor foi pra cima de forma desorganizada e num contra-ataque com falha da zaga saí o segundo do Cruzeiro.

A vitória cruzeirense não era merecida até o momento, apesar da ótima retomada liderada pelo Roger.

Tomou o meio campo com muita propriedade.

Baresi mexeu bem, ao tirar o Marlos o garoto tinha sumido, mas eu não tiraria o Carlinhos de jeito nenhum. Seu rendimento tinha caído porém não consigo me conformar com um cara como Cleber Santana no time.

Não é pessoal, mas não consigo entender como um cara deste consegue estar em campo e sumir tanto, acho que fisicamente é impossível.

Outro que precisa renasces é o Fernandão, faz um tempo que não joga futebol. E tem talento pra isto.

Como eu disse as alterações foram boas e o São Paulo recuperou o meio campo com o Jorge Wagner e a exemplo do primeiro tempo foi ao ataque com alguns lances de perigo.

Nos pés do Fernandinho sai a jogada para o grande Ricardo Oliveira empatar.

Esta jogada do Fernandinho não pode apagar uma atuação com tantos erros conceituais.

O garoto, assim como Marlos tem um talento muito grande, mas alguém precisa conversar com eles. Entre o toque rápido, de primeira que deixa o parceiro na frente do gol os dois preferem atrasar o jogo, tentar o drible e destruír a dinâmica ofensiva são paulina.

Os dois são ótimos, mas acho que precisam de uma boa conversa.

Bom.

Na minha o jogo de hoje foi ótimo para o São Paulo, também para o Cruzeiro.

No lado do Cruzeiro foi muito bom em relação ao campeonato, empatar com o São Paulo no Morumbi é um resultado em tanto.

Para os tricolores o jogo foi muito melhor que o resultado.

Neste domingo ví algo no meu tricolor que não via a tempos, imposição, jogadas rápidas dinâmicas, jogadores passando e chamando o jogo. Não consigo parar de pensar que foi só a estréia deste time e que jogadores como Marcelinho (meio-campo) vão ganhar a vaga. É só questão de tempo.

Mostra que temos time para nos reabilitar.

Acredito que não brigaremos pelo título nem nada, mas sabemos que toda a mudança leva tempo.

A nossa também vai levar, por mais veloz que seja.

Detalhes.: Faltou pouquíssimo pro tricolor virar, voltou a vibração, voltou o imponderável. Fantástico, fazia tempo que o Morumbi não assistia um jogo de futebol de verdade.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: