Atlético Paranaense x SPFC – Brasileirão 2010 – 13ª Rodada

 

Neste domingo o São Paulo foi à Arena da Baixada enfrentar o Atlético. Jogo difícil para o tricolor que por algum motivo não consegue vencer em Curitiba, e hoje não foi diferente. Um São Paulo recém eliminado, sem confiança e técnico jogando em um campo onde nunca venceu e com a zaga completamente desestruturada tinha tudo para fazer um jogo complicado como de fato foi.

 Do São Paulo não dava pra esperar nada muito diferente do apresentado neste últimos anos. Criatividade zero e nenhuma velocidade.

 Quando a criação vira responsábilidade de um volante, e um volante que desaparece na maioria das vezes como Cleber Santana, a coisa complica.

 Pessoalmente, acho Cleber Santana bom técnicamente o problema é que ele desaparece de uma forma que nunca ví em outro jogador. No primeiro tempo contra o Internacional e neste primeiro tempo eu juro que não ouví o nome dele em alguma jogada considerável. Justo ele que deveria ser o mais requisitado, tanto é verdade sua capacidade que no segundo tempo quando ele entrou mais no jogo o São Paulo melhorou… um pouco.

 Outro que carrega a responsabilidade da criação é o Marlos, porém lhe sobra talento e falta objetividade, infelizmente atrasa demais o time com seus dribles sem explicação.

 Valeu mesmo pela estréia do meia Marcelinho, jogou apenas cinco minutinhos mas o garoto mostrou qualidade na base, vale a experiência e esperança que ele venha ser mais aproveitado pois pelo que me parece é um ótimo meia, coisa que o São Paulo não tem há anos.

 Carlinhos Paraíba também é outro que me agrada porém não teve a devida oportunidade ainda.

 Um empate com gosto de derrota para o Atlético, o time foi superior no primeiro e no segundo tempo, porém não fez nada demais para merecer a vitória. Este era o típico jogo para ir pra cima com tudo mas Atlético segurava demais a bola tocando de lado.

 Nos pés do talentoso veterano Baier e da mais cara contratação na história do time, Guéron o Atlético trazia muito perigo pela direita, inteligentemente eles exploraram o fraco zagueiro Samuel que não tinha a capacidade de acertar um passe, não pretendo entrar no mérido da sua contratação ao tradicionalissímo Joenvile mas elogiado pelo senho Ricardo Gomes ele veio.

 Como todo time sem tantas estrelas o Atlético recorria as bolas alçadas na área.

 Que o Paulo Baier é talentoso não há dúvidas, porém é veterano, e o Atlético não pode depender dele pra tudo.

 É incrível como todas as jogadas passam pelos pés dele. No segundo tempo quando ele cansa o time pára.

 O que mais me impressionou foi a falta de capacidade do Atlético de dominar o meio, o Atlético melhor que o São Paulo na maior parte do tempo perdia todas as bolas no meio de campo, coisa que se fosse contra um time mais criativo e rápido seria fatal.

 Erros fatais também foram constantes na defesa atleticana, o gol do São Paulo surgiu de uma falha assim como algumas outras das poucas chances de gol tricolor.

 Gol achado pro lado são paulino, e e forma não tão diferente também tivemos o gol do Atlético.

 Resultado que engana tanto Atléticanos quanto São Paulinos.

 Os curitibanos podem se enganar quando ao time que ainda é muito fraco. Dentro de casa contra um time abatido e sem suas principais peças não conseguiu desempenhar um jogo nem digno de nota.

 Aos tricolores resta dizer que vai levar um tempo para arrumar a casa.

 São quase cinco anos sem futebol e não será da noite pro dia que isto vai mudar.

 É claro que o time não vai brigar pra cair neste brasileiro mas não almejo nada de tão grande ao São Paulo este ano.

  

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: